Nibali apadrinha regresso de Ryder

Vincenzo Nibali acumulou ao longo da carreia 1366 dias de competição como profissional desde que se estreou na edição de 2005 do Troféu Laigueglia. No entanto, está mais ocupado do que nunca.

Nibali apadrinha regresso de Ryder
Créditos: Q36.5 Pro Cycling Team

Vincenzo Nibali acumulou ao longo da carreia 1366 dias de competição como profissional desde que se estreou na edição de 2005 do Troféu Laigueglia. No entanto, apesar de oficialmente se ter retirado na Volta à Lombardia, está mais ocupado do que nunca.

Durante duas semanas o italiano foi um dos embaixadores da ASO nos critérios de Singapura e Saitama, mas em paralelo assessorou Doug Ryder na configuração do projeto de matriz suíça “Q36.5”.

Após perder a licença WorldTour da Qhubeka NextHash no final de 2021, Doug Ryder manteve a Qhubeka continental na estrada. Em 2023, o sul-africano não só preserva a equipa de desenvolvimento como lança uma ProTeam – sujeito a validação da UCI.


Gostas do que estás a ler e queres apoiar?

Créditos: Q36.5 Pro Cycling Team

Dos 23 corredores recrutados 11 vêm do WorldTour. Destacam-se Gianluca Brambilla e Matteo Moschetti (Trek-Segafredo), Damien Howson (BikeExchange), Tobias Ludvigsson (Groupama-FDJ), Carl Fredrik Hagen (Israel Premier Tech) e Mark Donovan (DSM). O diretor de performance é Alex Sans, enquanto Aart Vierhouten e Gabriele Missaglia ficam com a direção desportiva.


Gostas do que estás a ler e queres apoiar?

Vuelta aponta a final inédito no Tourmalet
Todos os artigos da newsletter #2